QUEM FOI Van Gogh?

Um dos pintores mais importantes de toda a história da arte foi Van Gogh, mas mesmo assim, esse artista praticamente não fez sucesso algum enquanto estava vivo. Os problemas de depressão dos quais foi vítima, em vários momentos se refletiram em sua obra, predominantemente impressionista.
Van Gogh não se formou como teólogo, mas atuou como pastor durante alguns meses e, inclusive, chegou a dividir o pouco que tinha com as pessoas mais pobres, porque ficou comovido com a realidade delas. Essa mesma comoção levou Van Gogh a produzir os seus primeiros desenhos a lápis, representando a vida de mineiros belgas que eram extremamente pobres.
Em 1880, o artista que estava prestes a se descobrir resolveu voltar para a cidade de Haia, na Holanda e se dedicar mais à pintura. Suas primeiras telas trabalhavam muito com jogo de luzes e representavam o cotidiano das famílias camponesas que moravam no interior da Holanda. Alguns anos depois, em 1886, ele se mudou para a França onde foi viver com um irmão e teve a oportunidade de conhecer nomes importantes da pintura, como Edgar Degas, Emile Bernard e Paul Gauguin, todos eles representantes da corrente impressionista.
Como não podia ser diferente, Van Gogh recebeu as influências desses artistas que conheceu, de modo que as suas pinturas começaram a ganhar traços do Impressionismo. Ainda na França, ele se mudou para a cidade de Arles, no sul do país, que era muito rica em paisagens. Isso foi muito importante, porque lá ele produziu a única obra de arte que conseguiu vender enquanto era vivo, o quadro que chamou de “A vinha encarnada”.
Trabalhando com pintura, Van Gogh sentiu a miséria bem de perto, passou fome e frio e chegou a viver em barracos. Sendo quase impossível se sustentar com a sua arte, um dos irmãos era quem o ajudava financeiramente, Theo, com quem tinha uma ligação bastante próxima.
.
.
#quemfoi
#nossosferas
#estamoscomvoces
#colegioanglodecampinas